top of page
  • pkoshimura

Distrito dos prazeres

Durante a era Edo (1603-1868) um rígido código baseado no confucionismo visava evitar qualquer desarmonia social. Ainda que fosse cedo pra falar em "individualidade", a moda era vista como uma possibilidade de desafiar restrições, principalmente pelos mercadores e outras classes populares.


Apesar de não deter poder político, a classe mercadora se tornava cada vez mais abastada e ávida por exibir seus gostos, influência e opulência.


No entanto, a ostentação era limitada por diversas leis suntuárias impostas pelo governo Tokugawa, que tentava controlar o dispêndio de capital e consumo, interferindo até na forma de se vestir da população.


Existia. porém, um local onde seus frequentadores eram isentos dessas restrições. Em Edo, atual Tóquio, Yoshiwara surge como um dos chamados "distrito dos prazeres" (遊廓 yūkaku), áreas criadas como forma de aliviar as tensões geradas na sociedade pelo florescimento da classe mercadora.


Figurando como uma fantasia popular, no distrito de Yoshiwara era permitido o funcionamento de casas de prostituição e espetáculos de Kabuki com mulheres, assim como o uso de roupas suntuosas.


Neste famoso ukiyo-e de Utagawa Hiroshige (1857) retratando Yoshiwara, vemos no centro um homem vestido em trajes ousados e coloridos, cercado de cortesãs, aprendizes e criados igualmente extravagantes.





Junto de Shimabara (em Quioto) e Shinmachi (em Osaka), Yoshiwara figurava como uma válvula de escape para uma sociedade que enfrentava vários problemas com a rigidez de sua organização, um modelo já ineficaz frente ao enriquecimento e ascensão de um importante grupo da base de pirâmide.


Tanto o desenvolvimento da classe mercadora quanto a pressurização da sociedade como um todo acabam se tornando fatores para mudanças incontornáveis que marcaram uma nova era na história do Japão, a era Meiji (1868-1912)




• Curso: A Ocidentalização da Vestimenta no Japão - 4º edição

• Professor: Rafael Hell | @rafaelhett

• Realização: @momonoki_jp

• Quando: 1º, 8, 15 e 22 de junho de 2024, sábados, das 10:00 ao meio-dia (horário de Brasília)

• Formato: 4 aulas ao vivo pelo Zoom, que serão gravadas e ficarão disponíveis aos alunos por 1 semana

• Valor: R$ 297,00 (em até 12x com juros) ou 7800 ienes

• Inscrições: momonoki.byinti.com

• Emitimos certificado

3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page